Prefeitura de Bom Despacho diz que Índice de Infestação do Aedes Aegypti caiu pela metade em 2018

Image result for aedes aegyptiNessa semana a Prefeitura Municipal de Bom Despacho divulgou novo levantamento do LIRAA (Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti) de 2018. De acordo com os novos dados apresentados, o índice que era de 14,3% caiu para 7 %. O resultado, segundo o Executivo, foi graças ao apoio da população junto aos agentes de saúde do município. 

No entanto,  conforme a divulgação, ainda existe um alto risco de infestação do Zica Virus e chikungunya, doença também relacionadas à picada do mosquito transmissor. “Estamos trabalhando pesado para baixar esse percentual para 1%, que é o máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Para isso precisamos que a população continue eliminando a água parada”, afirma o gerente de endemias, Fernando Júnior.

Focos

No levantamento abordado pela Prefeitura de Bom Despacho, há a indicação de que existe 97% dos focos do mosquito transmissor, Aedes Aegypti,  nas casas e também em imóveis comerciais. "Por isso a população deve verificar todos os possíveis criadouros, principalmente bebedouro de animais, local onde foi encontrada a maioria dos focos", destaca a publicação governamental. 

Em alguns objetos é possível verificar a água parada semanalmente, como bebedouros, caixas d'agua, tambores e tanques, além de garrafas, ralinhos, latas, plásticos, vasos sanitários e pneus. 

Comentários