Prefeitura de Bom Despacho encaminha projeto de Lei que viabiliza construção do CTI


                                       Proposta ainda depende de aprovação dos vereadores 


O Prefeito Fernando Cabral e a Secretária de Saúde Neide Braga
A Prefeitura Municipal de Bom Despacho divulgou nesta segunda-feira, 08, que irá encaminhar a Câmara Municipal o projeto de lei que viabiliza a construção do CTI (Centro de Terapia Intensiva). Segundo o Executivo, será solicitado a autorização de doação de 69 lotes à Santa Casa e à Associação São Vicente de Paulo. A proposta será enviada ao Legislativo durante a  semana. 

"Solicitamos autorização para doar 69 lotes à Santa Casa e à Associação São Vicente de Paulo. Se a Câmara aprovar a iniciativa, os imóveis avaliados em quase R$ 1,5 milhão, poderão ser vendidos. Com o recurso será possível construir seis salas de cirurgias e dez leitos de terapia intensiva", afirmou o Prefeito Fernando  Cabral ao site da Prefeitura de Bom Despacho. 

Vale lembrar que o último projeto que entrou na Câmara Municipal para a viabilização de  construção do CTI ocorreu em 2016. Como mudou a legislatura, o Executivo envia  novamente a proposta  para os vereadores votarem. 

"Como não temos como atender aqui os casos que exigem CTI, somos forçados a entrar numa fila à espera de atendimento em outras cidades. A espera costuma ser não apenas longa, mas também incerta. Agora temos a chance de resolver esta situação", destacou  a secretária de Saúde, Neide Braga.









Comentários