Aneel aprova reajuste médio de 8,73% para consumidores da Cemig

Image result for cemigA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na última terça-feira, 21,  reajuste tarifário médio de 8,73% para os consumidores da Cemig Distribuição S/A (Cemig-D). O efeito médio será de 10,71% para os consumidores atendidos em alta tensão e de 7,89% para os de baixa tensão. Para os consumidores residenciais o reajuste será de 6,93%.
A distribuidora fornece energia para 8,4 milhões de unidades consumidoras localizadas em 774 municípios no Estado de Minas Gerais. Os novos índices entram em vigor a partir do próximo dia 28.
Com o reajuste anual, a tarifa residencial da empresa ficará em R$ 628,33/MWh (megawatts hora). De acordo com a Aneel, ao calcular o reajuste, conforme estabelecido no contrato de concessão, foi considerada a variação de custos associados à prestação do serviço. "O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais. O reajuste da Cemig foi impactado pelo aumento dos custos de aquisição de energia, como por exemplo, da Usina Hidrelétrica de Itaipu que é precificada em dólar", disse a agência.
Ag. Ebc Brasil




Comentários