Escola Coronel Praxedes receberá seus alunos no próximo dia 06, diz Prefeitura

Image result for escola municipal coronel praxedes
Imagem/Prefeitura de Bom Despacho (MG)
Nos últimos dois anos, Bom Despacho acompanhou a obra de reforma da Escola Municipal Coronel Praxedes, a mais antiga do município. Em agosto de 2016, o Jornal Fique Sabendo perguntou a Prefeitura Municipal  qual era a previsão de entrega da escola, pré-inaugurada no mês de Julho passado. Na época, a atual administração afirmou que havia a expectativa de que o educandário poderia ser entregue em outubro do mesmo ano, algo que não ocorreu. 

Mas nessa semana em resposta à reportagem do Jornal Fique Sabendo, a Prefeitura de Bom Despacho informa que as aulas voltarão no próximo dia 06 de Fevereiro, e o educandário deverá estar  pronto para receber os seus alunos." As aulas voltarão dia 6 de fevereiro. A reforma da Escola Municipal Coronel Praxedes é uma das grandes obras feitas na Administração do Prefeito Fernando Cabral. Mais de R$ 1,4 milhão foi investido para preservar o prédio, levar mais segurança e conforto aos estudantes e servidores. Além de mais salas de aula e novos banheiros, o educandário terá uma quadra de esportes com  cobertura", destacou em nota. 

A Prefeitura de Bom Despacho também esclarece que além da Escola Municipal Coronel Praxedes, outras unidades de ensino do município também receberam melhorias, como reformas, ampliação de espaços, aquisição de imobiliário e material didático. "Para isto, foram investidos mais de R$ 8 milhões. Para complementar a reestruturação da educação municipal, os educadores foram e estão sendo qualificados e os alunos ganharam material didático moderno, mais livros e mais entusiasmo para aprender", afirmou.

Vale destacar que a obra de reforma da Escola Municipal Coronel Praxedes acontece desde novembro de 2014. Como se encontrava em obras, alunos e profissionais de ensino da unidade  tiveram que ser removidos para a Escola Estadual Miguel Gontijo, até  que seja entregue à continuidade de seus trabalhos educacionais. 


Comentários