quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Cemig informa atendimento e previsão do tempo para o feriado de carnaval


A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig informa que todas as agências e postos de atendimento da Empresa estarão fechados nos dias 11 e 12 de fevereiro, em virtude do feriado de carnaval. Nesse período, informações, solicitações de serviços e reclamações poderão ser feitos pelo Fale com a Cemig, telefone 116. O serviço funciona 24 horas, e a ligação é gratuita.

Pelo celular também é possível comunicar à Empresa, pelo Cemig Torpedo, falta de energia, consultar a última fatura vencida não paga ou enviar leitura com mensagens de texto (SMS), através do número 29810. O serviço é gratuito.

As agências e postos de atendimento da Empresa voltam ao funcionar normalmente na quarta-feira, dia 13 de fevereiro, ao meio-dia.

Previsão do Tempo
De acordo com o meteorologista da Cemig Arthur Chaves, o carnaval será marcado pela elevação da temperatura em Minas Gerais, embora chuvas significativas possam atingir o Centro-Sul do Estado ao longo do feriado.

Capital e RMBH


Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, a previsão é de céu variando entre claro e parcialmente nublado, com previsão de chuvas isoladas do meio da tarde em diante. Os dias com maior probabilidade de chuvas fortes são a terça-feira de carnaval (12/2) e Quarta-Feira de Cinzas (13/2), especialmente no sul da Região Metropolitana. As temperaturas permanecerão estáveis, variando entre uma mínima de 19°C e uma máxima de 31°C.

Interior
No Triângulo Mineiro, Oeste, Sul de Minas e parte da Zona da Mata há previsão de pancadas de chuva ao longo de todo o feriado, porém com as chuvas mais intensas ocorrendo entre os dias 10 e 11 de fevereiro. Já no Vale do Aço e Vale do Rio Doce as chuvas ocorrerão a partir do dia 12 de fevereiro, também em forma de pancadas no fim do dia.

Já no Norte de Minas e nos Vales do Mucuri e do Jequitinhonha as chuvas só ocorrerão de maneira mais significativa a partir da quarta-feira, dia 13. As temperaturas estarão em elevação em todo o Estado, inclusive nas regiões com previsão de chuvas. Os destaques ficam por conta do Vale do Rio Doce e Norte de Minas, regiões onde a temperatura pode superar os 35°C, enquanto que as mínimas irão variar de 16°C (Sul de Minas) até 22°C (Triângulo Mineiro).

Litoral

O lento deslocamento de uma frente fria durante o carnaval provocará chuvas isoladas no litoral norte de São Paulo e sul do Rio de Janeiro entre os dias 9, 10 e 11, deixando o dia com nebulosidade variando entre o parcialmente nublado e o nublado.

Nesses dias não há previsão de chuvas para o litoral sul da Bahia, Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro, porém entre os dias 12 e 13 a frente fria avança para o norte do Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo. As temperaturas variam entre 23 e 34°C no litoral Sul da Bahia, entre 23 e 33°C no litoral capixaba e carioca e entre 21 e 31°C no litoral norte de São Paulo.


Bairro São Vicente convive com buracos


Já faz tempo que algumas ruas da cidade continuam esburacadas. A situação está tão complicada que fica difícil de trafegar em diversos bairros de Bom Despacho. A prefeitura diz que quando parar de chover iniciará a Operação Tapa Buracos, mas até agora nada foi feito para acabar com este desagravo.
          
O Bairro São Vicente é atualmente o mais populoso de Bom Despacho. Com mais de  15 mil habitantes, a localidade parece sofrer com descaso. A prova disso são as avenidas Dr. Juca e Governador Valadares, onde existem inúmeros buracos, o que dificulta ainda mais o tráfego.
          
As duas vias são consideradas as principais do bairro.  A Av. Dr. Juca, por exemplo,  recebe um grande fluxo de veículos,  e a outra se concentra o maior centro comercial do  complexo Cidade Nova. Com isso, motoristas enfrentam o risco de dirigir no trecho.
         
De acordo com a Prefeitura, a Operação Tapa Buracos deverá começar somente após  o período chuvoso. Até lá, os motoristas bondespachenses podem se preparar para o trânsito esburacado que terá pela frente. 

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Cemig orienta foliões sobre cuidados com a energia elétrica no carnaval


O carnaval é um dos períodos do ano mais aguardados pelos brasileiros e com sua proximidade, a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig alerta aos foliões e a população sobre os riscos de acidentes com a rede elétrica. A maior festa popular do país acontecerá entre 9 e 12 de fevereiro.

Para evitar acidentes com carros alegóricos e trios elétricos, é preciso atenção especial com relação à altura desses veículos. De acordo comengenheiro de normalização e tecnologia Demétrio Venício Aguiar, da Cemig, nesse caso, deve-se levar em conta, também, a altura das pessoas que estarão sobre os veículos.
O engenheiro explica, ainda, que a montagem de palanques requer a atenção dos organizadores do evento para a existência das redes elétricas aéreas e subterrâneas, caso seja necessário algum tipo de escavação.
“Os palanques devem ter sua altura calculada para não se aproximarem da rede elétrica. A montagem e a desmontagem dessas estruturas devem ser feitas com cuidado para que nenhum material se aproxime dos fios da rede durante a sua movimentação. Veículos de som e trios elétricos requerem uma verificação prévia do trajeto para evitar a aproximação de suas partes ou de seus ocupantes dos fios e equipamentos da rede elétrica, respeitando-se a distância mínima de 1,5 metro”, afirma.

Demétrio Venício Aguiar ressalta que deve haver muita precaução com as emendas. Deve-se usar sempre um elemento isolante e com boa capacidade de proteção contra descarga elétrica. Nos trios elétricos, o engenheiro salienta que os cuidados devem ser redobrados, uma vez que podem ocorrer acidentes com bandeiras na rede.
Os organizadores da folia, também, precisam ficar atentos com as ligações provisórias, pois somente profissionais qualificados, e com a autorização da Cemig, podem realizar esse serviço. “Não é permitido fazer ligações clandestinas, pois o risco de acidentes é muito grande. Existem casos em que esse procedimento irregular já causou incêndios com pessoas feridas”, destaca o engenheiro.
O engenheiro alerta sobre o prazo de atendimento para ligações provisórias desses eventos. Segundo o especialista, o ideal é que os requerimentos sejam enviados à Cemig com, no mínimo, dez dias de antecedência.
Outro cuidado diz respeito à instalação de equipamentos elétricos, como aparelho de som e refrigeração. Demétrio Venício Aguiar atenta para a necessidade de se manter esses equipamentos distantes de duchas, piscinas ou qualquer ambiente onde houver água.
Em caso de acidente com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. A central de atendimento funciona 24 horas, e a ligação é gratuita. A população também pode acionar o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar, que terão um canal de comunicação direta com a Cemig durante o carnaval. O telefone dos Bombeiros é 193 e o da PM é 190. A ligação também é gratuita.

Recomendações
Iluminação, enfeites e alegorias
• Não lançar artefatos – como serpentinas, confetes, entre outros, na rede elétrica, sejam metálicos ou não.
• Antes de fazer qualquer ligação elétrica ou de instalar enfeites e alegorias, consultar a Cemig.
• Não instalar nenhum enfeite próximo à rede elétrica.
• Não fazer ligações clandestinas (gatos).
• Não jogar líquidos, sprays e água na rede elétrica. Há risco de choque elétrico.
Trios elétricos e carros alegóricos
• Não trafegar sob a rede elétrica energizada, pois a altura desses veículos poderá ser maior que a dos fios elétricos.
• Observar a existência da rede elétrica e tomar cuidado para não tocá-la.
• Considerar a altura do veículo e das pessoas sobre ele em relação à fiação da rede elétrica e demais obstáculos.
Palanques para apresentação de shows
• A montagem e a desmontagem devem considerar a existência das redes elétricas aéreas e, em caso de escavação, subterrâneas.
• A fixação das coberturas deve ser bem feita para evitar o desprendimento e possível projeção contra a rede elétrica.
Aparelho de som, refrigeração e churrasqueiras elétricas
• Não ligar aparelhos elétricos próximo a duchas ou piscinas.
• Evitar improvisos (gambiarras), pois eles aumentam o risco de acidentes com a rede elétrica.
Colisão de veículos com postes da Cemig (abalroamento)
• Não sair do veículo. A pessoa poderá tomar um choque se houver algum cabo partido em contato com o veículo. Se precisar sair do veículo em função de um incêndio, abrir a porta e pular com os pés juntos, o mais longe possível, sem tocar a lataria do carro.
• Não tentar socorrer as vítimas se houver fio partido. Nesse caso, acionar imediatamente a Cemig e o Corpo de Bombeiros.
Fios partidos (acidentalmente)
Ao encontrar um fio elétrico partido, caído ao solo, não se aproximar e não deixar ninguém se aproximar do cabo, que poderá estar energizado. Ligar imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116 – que funciona 24 horas por dia, e aguardar a chegada dos técnicos da Empresa.



sábado, 2 de fevereiro de 2013

Morre pai do ex-prefeito Haroldo Queiroz

Foto: blog do Rosemberg
Morreu na tarde deste sábado, 2, o senhor Flávio de Melo Queiroz, mais conhecido como Dr. Flavinho, pai do ex-prefeito Haroldo Queiroz. O velório acontece na Câmara Municipal e o sepultamento será neste domingo, ás 10h no Cemiério Necrópole (Cemitério Velho). 

Dr. Flavinho foi vereador de Bom Despacho e chegou a vice-presidência da casa quando exerceu o cargo de parlamentar.

O Jornal Fique Sabendo presta suas condolências a sua  família.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Bom Despacho se prepara para mutirão da Dengue

foto: Portal G1
Entre os dias 1, 2 e 3 de Fevereiro, Bom Despacho se prepara para realizar o mutirão de combate a Dengue. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde. O objetivo é conscientizar a população sobre os riscos que a doença pode causar. 

O índice de infestação já ultrapassa mais de 12%, dados considerados preocupantes pelo Governo de estado. Uma criança de 6 anos foi internada nesta semana. "É um só pernilongo pode picar e transmitir a doença para mais de 200 pessoas”, alertou o secretário de saúde Dr. Sérgio Cabral no site da prefeitura.

 O secretário Dr. Sérgio também disse que a situação é de  'catástrofe'. Segundo ele, o vírus Tipo 4 está rondando a cidade. 

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Aneel define redução de 18,14% para tarifa residencial da Cemig


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a redução da conta de energia elétrica para todos os consumidores de energia do País, nessa quinta-feira (24/1). A partir da Resolução Homologatória 1.422, a Aneel publicou as novas tarifas para as empresas de distribuição de energia elétrica. A grande maioria delas, ou 55 das 63 companhias, tiveram uma redução entre 18 e 19% na tarifa de consumo residencial, incluindo a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig, cuja redução foi de 18,14%. Esse percentual é muito próximo da redução para os consumidores residenciais de outras empresas, como os da paulista Eletropaulo (-18,25%), da paranaense Copel (-18,12%), da fluminense Light (-18,10%) e da CPFL Paulista (-18,07%).

Na média geral, o impacto do reajuste para os consumidores da Cemig, incluindo os consumidores livres, cativos de média e alta tensão, como indústrias e setor de serviços, a redução foi de cerca de 22%.

Essa mudança na tarifa corresponde a uma revisão tarifária extraordinária promovida pelo órgão regulador nas empresas de distribuição. As revisões extraordinárias ocorrem quando há mudanças significativas nos custos dos componentes tarifários, para mais ou para menos, e que precisam ser repassados para os consumidores. A nova tarifa ficará em vigor até o próximo dia 7 de abril, quando a Cemig passará por uma revisão tarifária ordinária, igualmente prevista no contrato de concessão, e novas tarifas serão publicadas.

Percepção da redução na fatura
O consumidor vai perceber a variação decorrente da revisão tarifária extraordinária na fatura em março próximo. Isso acontece porque as datas de leituras das contas de energia são distribuídas ao longo do mês, de forma que, em fevereiro, os consumidores pagarão a parcela do consumo ocorrido antes de 24 de janeiro com a tarifa antiga e a outra parte do consumo, posterior à mesma data, com a tarifa nova.

Por exemplo, o consumidor cuja leitura for realizada em 8 de fevereiro próximo, terá, em fevereiro, metade de sua energia (equivalente a 15 dias de consumo, de 9/1 a 23/1) faturada pela tarifa anterior e a outra metade (equivalente ao mesmo período de tempo, de 24/1 a 7/2) pela tarifa agora publicada. A partir de março, todos os consumidores receberão a contas com as novas tarifas.

Consumidores de baixa renda
Os consumidores classificados como baixa renda são clientes beneficiados por um subsídio, pagando valor inferior ao custo da energia consumida. Até 30 kWh mensais, o benefício resulta num desconto aproximado de 65%. Para o consumo entre 31 e 100 kWh, 40%, e para a faixa de 101 a 220 kWh é de 10%. A redução das tarifas dos consumidores de baixa renda pela revisão extraordinária é a mesma do residencial pleno, ou seja, 18,14% em relação à tarifa anterior.


Impostos na fatura
Conforme determina a Constituição Federal, a Cemig é obrigada a realizar a cobrança de tributos diretamente na conta do consumidor e repassá-los às autoridades competentes. Os tributos federais de PIS/PASEP e COFINS foram mantidos na tarifa. 

Também permanece o ICMS, um tributo estadual, que é cobrado diretamente na fatura do consumidor e repassado integralmente ao governo estadual. No caso de Minas Gerais, os consumidores residenciais com consumo inferior a 90 kWh/mês são isentos desse tributo.

Revisão tarifária de abril de 2013
A nova tarifa permanecerá em vigor até 7 de abril deste ano. No dia 8 de  abril, quando a Cemig passará por revisão tarifária ordinária, igualmente prevista no contrato de concessão, novas tarifas serão publicadas. Na revisão tarifária de abril deste ano, os custos gerenciáveis da concessionária compostos pelos custos operacionais, remuneração dos investimentos na rede elétrica e demais custos essenciais à adequada prestação do serviço, considerando novos critérios de eficiência e justa remuneração dos investimentos, serão revistos. Além disso, custos não gerenciáveis serão recalculados para a cobertura dos próximos 12 meses, seguindo as regras de reajuste e revisão em vigor.


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Conta de luz cairá mais que prometido por Dilma, diz fonte


BRASÍLIA, 23 Jan (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff anunciará nesta quarta-feira, em pronunciamento, que a conta de luz cairá mais do que o prometido em setembro passado, com a redução para residências de 18,5 por cento na média, disse à Reuters uma fonte do governo a par do assunto.

Segundo a fonte, que falou sob condição de anonimato, a tarifa de energia para a indústria cairá de 32 a 34 por cento.

A diminuição do custo da energia será possível com a renovação antecipada e onerosa de concessões elétricas que venceriam de 2015 a 2017 e pela redução ou fim de encargos sobre o setor.
Além de ampliar a competitividade da indústria nacional e estimular a economia, o corte maior na conta de luz dará um alívio à inflação --que se encontra sob pressão.
Inicialmente, o governo pretendia garantir uma redução da conta de luz de cerca de 16 por cento para residências e de até 28 por cento para indústrias.
Segundo a fonte, o Tesouro Nacional arcará com os custos implícitos na redução maior da tarifa de energia, com aporte superior a 8 bilhões de reais, contra 3,3 bilhões de reais previstos inicialmente.
As novas tarifas das distribuidoras, já com os descontos, serão votadas na quinta-feira, a partir das 10h, pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em processo de revisão tarifária extraordinária. Os descontos entrarão em vigor em 5 de fevereiro.
A resistência de algumas empresas elétricas em renovar as concessões nos moldes definidos pelo governo, que exigiu redução de cerca de 70 por cento da receita que as companhias tinham com os ativos já amortizados, levantou temores de que Dilma pudesse não entregar o corte de luz como prometido.
As companhias estaduais Cesp, Cemig e Copel optaram por não renovar suas concessões de geração, ficando com os ativos nas condições atuais até o vencimento dos contratos.
fonte: Yahoo

domingo, 20 de janeiro de 2013

Buracos `a Vista

Rua esburacada em um dos bairros da cidade.

Janeiro é considerado o mês que mais chove na região sudeste do Brasil. Minas Gerais é um dos estados que mais sofre com esta época do ano. Em muitas das vezes, os mineiros são obrigados a conviver com a possibilidade de enchentes e de erosões em inúmeras cidades.
        
Bom Despacho não é diferente, e por isso, sempre enfrenta nesta época inúmeros buracos nas ruas da cidade. No final de 2012, o Jornal Fique Sabendo entrou em contato com a Prefeitura, mas como estava em transição de governo a obra teria de ser realizada somente em 2013.
       
De acordo com a reportagem de um jornal local, o atual Secretário de Obras Juliano Toscano, a Operação Tapa Buracos  começará dentro de poucos dias. As primeiras vias a serem atendidas serão a Avenida Amazonas e um trecho da rua Lambari, por apresentarem  um grande número de buracos.
          
Além  dessas ruas no centro, a Secretaria de Obras deverá tapar os buracos das Avenidas Dr. Juca e Av. Governador Valadares no bairro São Vicente,  onde  crateras estão tomando conta das vias . Em muitos casos, motoristas são obrigados a fazerem manobras de risco para desviarem dos buracos.
         
Conforme Juliano, os buracos serão tapados com asfalto quente, dependendo ainda da estiagem de chuvas para não comprometer o trabalho.  Agora é aguardar para ver.

          

Grupo no Facebook homenageia Futebol de Bom Despacho


Foi criado  no site de relacionamentos Facebook o grupo Imagens do Futebol de Bom Despacho e Região. O grupo relembra através de fotos, os  times e os clubes que fizeram e ainda fazem parte da história do esporte local. São momentos que marcaram época do nosso futebol com grandes jogadas e grandes confrontos.
         
No grupo estão fotos de grandes clubes do futebol brasileiro que estiveram presentes em Bom Despacho como o Cruzeiro, América, Atlético-MG e Paraná Clube. As fotos podem ser vistas e comentadas pelos membros do grupo, que são na maioria ex-jogadores e atletas de Bom Despacho.
          
O grupo foi criado pelo desportista Marquinho Couto (Marquinho do blog), que sempre atualiza o grupo com fotos dos times. Para participar,  basta o internauta entrar em Imagens do Futebol de Bom Despacho e região.
          
Além de Bom Despacho, outros clubes da região também estão sendo relembrados como o CAP de Pompeu e São Francisco de Pará de Minas.
         
“O grupo retrata bem o futebol de Bom Despacho. Parabéns Marquinho pela iniciativa”, diz Gabriel Silva (Berbal) , jogador bondespachense que atua em Malta atualmente. 

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Prefeito declara estado de emergência em Bom Despacho


O prefeito Fernando Cabral decretou estado de emergência financeira e administrativa no município de Bom Despacho. O objetivo é “restabelecer o equilíbrio financeiro e o respeito aos princípios e normas que regem a Administração Pública”.
O Decreto  nº 5.473, publicado nesta terça-feira, 15 de janeiro, tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado.
A decretação do estado de emergência foi necessária diante dos graves problemas financeiros e administrativos encontrados na Prefeitura.
Nas considerações que justificam a medida, o prefeito Fernando Cabral listou 50 itens que descrevem problemas graves encontrados na Prefeitura. As irregularidades são tantas (veja lista abaixo) que comprometem até o funcionamento normal do serviço público.
A gravidade da situação exigiu que se decretasse o estado de emergência. Serviços essenciais como limpeza pública, saúde e educação exigem ações extraordinárias, urgentes e eficazes, sob pena de causar à população mais danos do que já aconteceu até aqui”, diz o Prefeito.
Com a decretação do estado de emergência, a Prefeitura tem embasamento legal para tomar medidas em caráter de urgência. Entre elas estão, por exemplo, contratação temporária de pessoas e serviços, compra de equipamentos, peças, combustíveis, merenda escolar e outros itens necessários à recuperação e bom funcionamento dos setores de educação, saúde, limpeza urbana, entre outros.
No decreto, o Prefeito também suspende o pagamento de diárias de viagem, concessão de gratificações e férias e exige que os atestados para concessão de licença sejam emitidos por médicos oficiais da Prefeitura, entre outras medidas saneadoras. A ordem é cortar gastos.
Todas as despesas efetuadas pela Prefeitura serão colocadas na internet para garantir transparência às ações da administração municipal.
Os principais problemas já encontrados na Prefeitura
• Não há informações sobre a situação orçamentária e financeira da Prefeitura
• Grande número de programas piratas nos computadores da Prefeitura
• A administração anterior não renovou contratos essenciais para fornecimento de combustível, merenda escolar e outros produtos e serviços. Esta situação compromete funcionamento de ambulâncias, limpeza pública e fornecimento da merenda escolar a partir de 4 de fevereiro
• A frota de veículos e máquinas está sucateada, quebrada e sem manutenção
• Não há recursos financeiros em caixa
• O município está sem frota própria em condições operacionais para fazer o transporte escolar
• As escolas municipais precisam de reparos urgentes para garantir a segurança e conforto dos alunos
• As filas de exames e de cirurgia já atingem 6 anos de espera
• As ruas e estradas estão em situação de calamidade
• A administração anterior deixou restos a pagar já apurados de R$ 1.717.316,44 e apenas R$ 179.619,39 em caixa. Além disso, há outras dívidas não lançadas e que terão de ser pagas pela atual administração
• Sumiço de máquinas e equipamentos
• Denúncia de extravio de peças, lubrificantes, combustível, máquinas e equipamentos na garagem municipal
• O município está bloqueado na Secretaria do Tesouro Nacional por irregularidade nos convênios da administração anterior. Portanto, não pode assinar convênios e nem receber repasse de dinheiro do governo federal
• Não houve ações preventivas contra a dengue em 2012,
• É necessário contratar cerca de 200 profissionais para o início do ano letivo dia 4 de fevereiro
• Nas condições atuais, por falta de planejamento e de disponibilidade financeira o Município está impossibilitado de levar adiante sua política de assistência social e de apoio à cultura
• As ruas estão cheias de mato, com pavimentação destruída e lixo
• Faltam médicos, equipes e materiais nos PSFs
• Procuradoria e Controladoria constataram o desaparecimento de processos administrativos
• No seu último dia de governo, a administração anterior cancelou dezenas de empenhos de despesas no valor de R$ 1.200.000,00, deixando essas dívidas para serem pagas pela atual administração

leia mais: http://www.bomdespacho.mg.gov.br/noticias/prefeito-declara-estado-de-emergencia-em-bom-despacho/

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

REUNIÃO DE NIVELAMENTO DOS COMANDOS E CHEFIAS DO 7º BATALHÃO


Na manhã do dia 10 de janeiro de 2013, na cidade de Bom Despacho, o Comandante do 7º Batalhão - Tenente Coronel Wagner – às 09h00 deu início à reunião de nivelamento envolvendo todos os comandos e chefias da Unidade. Em sua fala fez uma abordagem dos resultados finalísticos da Unidade comparando-se os resultados de 2011 e 2012, bem como as perspectivas para o corrente ano. Reforçou sobre a importância por parte dos comandantes, nos diversos níveis, da gestão da polícia ostensiva em seus respectivos municípios e a necessidade de cada vez mais envolver junto com a comunidade na busca de solução de problemas. Destacou ainda continuar visitando os prefeitos municipais na busca de parcerias que otimizem as ações de prevenção da criminalidade e o apoio necessário na mantença de convênios. A programação prevista foi cumprida na íntegra tendo os oficiais do Estado Maior da Unidade e Chefias feito suas considerações afetas a cada atividade específica.


Assessoria de Comunicação Organizacional – 7º BPM

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Câmara faz primeira reunião e aprova projetos do Executivo


 A Câmara Municipal fez a primeira reunião da legislatura 2013/2016 na noite desta quarta-feira, 09. Os vereadores aprovaram dois projetos de autoria do Poder Executivo. Um deles é o projeto que concede desconto de até 100% do valor da multa para contribuintes e um parcelamento em 24 meses para quem quiser quitar a divida com o município, tanto para pessoa física como para pessoa jurídica.
            
O outro é sobre a diminuição dos cargos de confiança e redução de gratificações. De acordo com a autoria do projeto, o município obterá com a sua aprovação cerca de R$ 150 mil de economia por mês, que poderão ser usados no pagamento da folha salarial dos servidores.
            

Além dos vereadores, o secretariado esteve presente para acompanhar a votação dos projetos, que foram aprovados por unanimidade.